terça-feira, 11 de junho de 2013

TACIMA/PB - 1838

Pelos registros paroquiais de Bananeiras/PB a população de Tacima/PB, em 1838, já era razoável, como demonstram os registros paroquiais abaixo:

Em 29/01/1838- Casamento de André Baptista Lopes, filho de João Baptista Lopes e Joanna Maria da Conceição com Maria da Conceição, filha de Alexandre Cardoso da Silva e Thereza da Conceição, moradores em TACIMA. 
imagem family search
Outro registro interessante, do casamento, realizado em 09/02/1838, de Antonio Luiz de Oliveira e Joaquina Maria. Ele filho natural da falecida Luíza Maria e ela, viúva de João Vieira de Lima, sepultado no cemitério de Tacima.  

                                                               imagem family search
A existência da capela de TACIMA, resta comprovada neste registro de 5/2/1838, do casamento em Bananeiras de Domingos da Fonseca, viúvo de Joana Maria "sepultada na Capella de Tacima" e Luzia Maria, viúva de Thomaz Aquino, sepultado na Matriz de Bananeiras. .
imagem family search
Dos registros acima verificamos que algumas pessoas eram sepultadas na capela, outras (talvez índios, pardos ou foros) eram sepultadas em um cemitério, o que denota a estratificação social da época. 


Nenhum comentário: