segunda-feira, 3 de março de 2014

HENRIQUE EMIGDIO DE SOUZA PINTO

HENRIQUE EMíGDIO DE SOUZA PINTO 


Ainda tenho dúvidas quanto a data de seu nascimento. Em alguns documentos consta como nascido em 1876, em outros em 1872. Uma diferença de quatro anos ainda não explicada.
O certo é que nasceu em Santa Cruz/RN, sendo um dos 16 filhos do casal EMIGDIO JOSÉ DE SOUZA PINTO e ISABEL  FRANCISCA DE LIMA cujo casamento ocorreu em 14/06/1870, em Santa Cruz - RN.
Ainda era um adolescente quando passou a trabalhar com o pai, e  aos 15 anos de idade era o encarregado de dois armazéns: um na cidade de Moreno (atual Solânea) e outro em Santa Cruz. 
Como comerciante transitava pelas cidades próximas, tanto da Paraíba como no Rio Grande do Norte, onde seus parentes maternos e paternos residiam naquela época. Família grande que mantinha laços afetivos e de negócios. 
Creio que foi assim que veio a conhecer sua futura esposa RAIMUNDA CAROLINA DE OLIVEIRA LIMA, filha de  MANOEL SOARES RAPOSO DA CÂMARA e MARIA ESMIRNA DE OLIVEIRA LIMA, sobrinha do capitão BENTO JOSÉ DE OLIVEIRA LIMA.      .
Raimunda Carolina, mais conhecida como Sinhazinha, nasceu em Goianinha/RN em 1886, e era prima de segundo grau de Henrique, ou seja, era da mesma família de sua mãe Isabel Francisca, filha de Manoel Francisco de Oliveira.
O casamento de Henrique e Raimunda Carolina ocorreu em  Araruna, em 19/10/1905, sendo padrinhos o Capitão Bento José de Oliveira Lima (tio da noiva) e Leonardo Bizerra Cavalcante amigo e sócio do noivo.
 *Assinaturas do livro de casamento.

O casal teve 12 filhos: JOSÉ, ARTHUR, CORNÉLIO, ANTONIO, LAURA, ARNALDO, PEDRO, DÉBORA, HENRIQUE, AFONSO, JÚLIA e CARLOS.
Henrique foi dono de lojas de tecidos tanto em Araruna como em Bananeiras. Como podemos comprovar neste informativo de 1931. Naquela época a população de Araruna era de 28 mil habitantes, mas tinha apenas 810 eleitores.

* fonte Hemeroteca Digital - Almanak Adminstrativo Mercantil e Industrial - 1891 a 1940.
Vemos que outros irmãos de Henrique, Manoel e José, também se dedicavam ao comércio naquela cidade.
Segundo informações, confirmadas por relatos de pessoas da família, Henrique, assim como seu pai Emígdio, era maçom. Infelizmente, até a presente data não encontrei prova documental. Mas, se assim o for, Henrique era a terceira geração de maçons, iniciada com Joaquim, seu avô.
Henrique, Raimunda Carolina e filhos 1915

Um comentário:

João Felipe disse...

Muito Bom. Boa reconstituição, Isabel