sábado, 9 de março de 2013

BENTO JOSÉ DE OLIVEIRA LIMA



BENTO JOSE DE OLIVEIRA LIMA
Nasceu aproximadamente em 1842, e até o momento não encontrei provas seguras de sua filiação..
São alguns de seus irmãos: ANNA ADELINA DE OLIVEIRA LIMA, MARIA ESMINARA DE OLIVEIRA LIMA e JOAQUIM JOSÉ DE OLIVEIRA LIMA. ***

Bento viveu em ARARUNA/PB onde se tornou um dos maiores chefes políticos da época. Negociante de café era dono de propriedades rurais tanto na Paraíba como no Rio Grande do Norte.Obteve a patente de CAPITÃO DA GUARDA NACIONAL.
Em 1866, quando tinha 24 anos de idade, foi padrinho de batismo de Joaquim (8/4), filho de Manoel Ferreira Barrozo e Maria Ortiz de Lima (fonte registro paroquial de Araruna).
Bento era casado com Maria Tereza, e tinha propriedade no Calabouço (Araruna). Era pai de JOAQUIM CAVALCANTE DE OLIVEIRA LIMA (NÔ LIMA).
Mantinha estreita ligação com a Villa de Santa Cruz/RN, onde seu irmão JOAQUIM JOSÉ DE OLIVEIRA LIMA, que também tinha patente de capitão, faleceu em 1898 (segundo notícia publicada no Jornal a UNIÃO DE 19/12/1898). Joaquim era comerciante naquela cidade.

JOAQUIM JOSÉ DE OLIVEIRA LIMA era casado com  Febronia Bezerra, e morava em Santa Cruz em 1871, conforme comprova o registro abaixo do óbito do filho ALFREDO
imagem arquivo pessoal

Bento foi também foi proprietário de terras em Canguaretama e Goianinha, ambas no Rio Grande do Norte.
Consta que em 1884, Antonio Lázaro de Oliveira Lima, foi nomeado primeiro suplente de delegado de polícia de Santa Cruz.
Pela história de Santa Cruz, verificamos que tanto ANTONIO LÁZARO DE OLIVEIRA LIMA, como ALFREDO BEZERRA DE OLIVEIRA LIMA, filhos de Joaquim, se tornaram políticos naquela cidade no início do século XX.
Em 23/12/1897, o Jornal a UNIÃO, publica notícia sobre a visita do CAPITÃO BENTO JOSÉ DE OLIVEIRA LIMA na Capital, afirmando ser ele "importante chefe político de Araruna".
Até agora não consegui estabelecer a ligação de BENTO JOSÉ e seu irmão JOAQUIM JOSÉ, com Luiz Custódio de Oliveira LIMA, que em 1801, juntamente com outros signatários, foi subscritor da criação da paróquia de Cuité/PB em 1801.
Como afirmei no livro GENEALOGIA SERTANEJA, acredito que a fazenda de caiçara da Ribeira do Trairi, existente naquela época, no início do século XIX (1801), foi a que deu origem ao arraial, depois povoação, vila e finalmente cidade de Santa Cruz/RN.
É provável, pelas datas, que LUIZ CUSTÓDIO tenha sido o avó de BENTO JOSÉ e de JOAQUIM JOSÉ, o que justifica a ligação destes com Santa Cruz.
O que tenho a mais absoluta certeza é que ambos (BENTO E JOAQUIM) mantinham fortes ligações com ambas às vilas (ARARUNA E SANTA CRUZ).
Bento era avô de ANTONIO BENTO DE ARAÚJO LIMA, jornalista, crítico de arte, poeta e contista, nascido em Araruna em 1902, filho de MARIA AMÉLIA DE OLIVEIRA LIMA, filha de BENTO.
Era tio de RAIMUNDA CAROLINA DE OLIVEIRA LIMA, que se casou em 1905, aos 19 anos de idade com HENRIQUE EMÍGDIO DE SOUZA PINTO, na época com 33 anos.
Henrique era filho de EMIGDIO JOSÉ DE SOUZA PINTO, um dos filhos de JOAQUIM JOSÉ PINTO, ambos tratados em postagens anteriores e pertencentes à FAMÍLIA PINTO.
Como os pais de RAIMUNDA CAROLINA eram falecidos, foi BENTO que autorizou o casamento (fonte registro civil de Araruna/PB)..
Raimunda Carolina de Oliveira Lima, era filha de MANOEL SOARES RAPOSO DA CÂMARA e MARIA ESMINARA DE OLIVEIRA LIMA.

*** No livro a HISTÓRIA DE ARARUNA E CAIÇARA, Antenor E. de Oliveira Lima diz que Bento era filho único, o que não é verdade, conforme comprova a notícia abaixo, publicada no Jornal União de 1898, sobre a morte de seu irmão Capitão JOAQUIM JOSÉ DE OLIVEIRA LIMA, que residia em Santa Cruz/RN.
JOAQUIM foi padrinho de HORÁCIO, filho de meus trisavós EMÍGDIO JOSÉ DE SOUZA PINTO (que em Santa Cruz só usava o sobrenome SOUZA) e IZABEL FRANCA DE LIMA, que era da família OLIVEIRA LIMA.
Horácio, nascido a dezecete de janeiro de mil oito centos e oitenta e sete, filho legítimo de Emygdio José de Souza e Izabel Franca de Lima, brasileiros, baptizei solenemente nesta Matriz aos vinte trez de março do anno acima referido, foram padrinhos JOAQUIM JOSÉ DE OLIVEIRA LIMA e sua mulher FELIXMINA MARIA BEZERRA DE LIMA.
  

Nenhum comentário: